Batman – Escolhas que Formam o Herói 2


Quem já teve oportunidade de jogar alguns dos jogos da Telltale sabe o quão envolvente são suas histórias e como elas nos geram um forte impacto emocional com as escolhas que formam o herói e influenciam os rumos da trama desenvolvida. Para um desfecho bom ou muitas vezes doloroso, seguindo essa premissa, o mais novo jogo da Telltale nos leva à uma City vítima da violência e criminalidade e nos mantêm no controle de Bruce Wayne e um Batman dando seus primeiros passos como um vigilante.

A trama inicia com um pequeno flashback de uma invasão à prefeitura, intercalada com momentos do presente com Bruce conversando com Alfred, seu fiel conselheiro e guardião/pai, sobre a obsessão e os riscos de ser o Batman. A invasão à prefeitura é apenas o pretexto para vermos a figura de um Batman em início de carreira, que ainda não é visto com bons olhos pela polícia e pela mídia, dar as caras e eliminar um a um os criminosos e ter o encontro com um clássico inimigo, o primeiro de muitos.

batman-1

Após essa introdução, voltamos ao momento presente com Bruce dando uma festa para arrecadar fundos à candidatura do advogado Harvey Dent à prefeitura. É aí que o jogo nos permite interagir como Bruce Wayne e tomar as decisões que vão influenciar não só a trama mas como a carreira do Batman durante a noite. Essa foi uma das coisas que considerei mais divertida no jogo. Você tem que pesar bem suas palavras e ações como Bruce, como fingir ser simpático ou ter interesse por determinado assunto, para conseguir o apoio da sociedade de Gotham para seus projetos/política ou ser bem durão como o Batman, gerando a antipatia e fazendo com que as pessoas lembrem de tal conduta/comportamento.

O primeiro capítulo da história foca no mafioso Falcone e sua tentativa de ter a “amizade” de Bruce para manter a eleição de Harvey sob controle, apenas negócios é claro. Batman entra na história para investigar os esquemas de Falcone com contrabando e que estão sujando a imagem e o legado da família Wayne.

Controlar o Batman é interessante, pois você assume o lado investigador solucionando crimes, analisando provas até encontrar os suspeitos e caçá-los, aí entra um ponto delicado em que tipo de Batman você pretende ser: um ao estilo Ben Affleck ou um mais comedido nas ações. Nesse ponto, prefiro não comentar para não tirar a diversão de ninguém, principalmente na missão final do capítulo 1, que encerra com uma grande dose de suspensão e com um ótimo gancho para o próximo capítulo.

batman-2

Momento em que suas escolhas definem o tipo de herói que será criado

Em geral é um jogo simples, que permite uma boa dose de diversão para quem é fã do Morcego e curte jogos cujas escolhas influenciam a trama e personagens. Recomendo a compra, apesar de que a espera do lançamento dos demais episódios vai ser de matar!

 

 

Logo Curti

Se você gostou deste post não deixe de registrar sua participação através de dicas, sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog e o canal do Youtube, para acompanhar nossas publicações e ficar por dentro das notícias do mundo gamer, concursos e promoções!

Julião Cristo ou “Juliao El” é o mais novo colaborador do Nós Nerds! Professor, Coordenador e aventureiro nas lives nas horas vagas! Uma conquista só não pode ser alcançada se você não quiser!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “Batman – Escolhas que Formam o Herói

  • Miguel

    Seja bem vindo julião, ótimo post, como fâ do homem morcego acho bastante legal essa forma de interagir na história do personagem, suas escolhas fazem a diferença. Eu por exemplo vou esperar sair todos os capítulos para não ficar naquela asseidade exagerada, rs. Abraços a todos e valeu.

    • Julião

      Obrigado pelo comentário Miguel, eu estava ansioso por esse jogo desde que foi anunciado ano passado e esse primeiro capítulo me empolgou bastante, agora haja ansiedade em avançar na história e esperar o lançamento dos demais capítulos xD