Entrevista com Jason Cross do Sea of Thieves


Vocês pediram e nós fizemos, para estrear nossa série de entrevistas. Trazemos para vocês Jason Cross (Co-Producer). aproveitem e nós deem um feedback do que vocês gostaria de ver mais na página. Artigo publicado originalmente na Fan Page Sea of Thieves Brasil

SoT Brasil: Sabemos que você gosta de jogar. Você poderia nos contar um pouco o que fez você entrar no mundo dos jogos?

Jason Cross

Jason: EU AMO jogar, é uma ótima maneira de mergulhar completamente em uma história e deixar minha imaginação correr selvagem. Os jogos podem ser usados ​​para muitas coisas; alívio do estresse, aprendizado, inspiração, mas o mais importante, diversão. Eu mesmo os uso por inspiração, é incrível ver como o videogame pode mudar a perspectiva de alguém, você pode ver mudanças de humor atuais quando alguém realmente é investido em um personagem.

Originalmente quando eu estava jogando Sega Mega Drive, eu não estava muito no ligado aos jogos.Quando o Xbox foi lançado e mergulhei em Halo, com os olhos arregalados, Master Chief me chamou a atenção imediatamente. Eu joguei a trilogia original pelo menos 20 vezes e adorei cada segundo. Depois de completar o Halo 3 pela primeira vez, foi quando soube que queria fazer jogos, queria ser responsável por trazer as pessoas divertidas e inspirando-as da maneira que me inspirou.

SoT Brasil: O que você está jogando atualmente? Algum favorito?

Jason: Recentemente, peguei o novo Assassin’s Creed: Origins. Os jogos do Assassin’s Creed foram outra grande inspiração para mim. Eles me ensinaram que não importa o quão difícil, a situação, ela pode ser alterada para melhor. Como você pode dizer pela minha resposta anterior, Halo também é um favorito junto com a Fable 1, 2 e 3. Logo antes da AC: Origins, eu estava terminando minha segunda jogada de The Witcher 3, agora não tenho muito tempo para isso, por isso levou 14 meses para completar, mas valeu a pena cada momento.

SoT Brasil: Você poderia nos contar um pouco sobre você e seu trabalho em Rare?

Jason: Eu sou um produtor assistente da Rare, adoro meu trabalho e ele vem com muitos desafios diários que eu enfrento diariamente. Eu fiz uma publicação nos fóruns sobre o meu papel na Rare aqui (você precisará ser um Sea of ​​Thieves Insider para vê-lo): https://www.seaofthieves.com/forum/topic/15977/a-day in-the-life-of-jason-cross

Eu sou incrivelmente apaixonado por minha carreira e meu foco principal é ajudar a Rare e os desenvolvedores no estúdio, garantindo que Sea Of Thieves seja uma experiência incrível. Quando entrei na Rare, foi perto do começo de Sea Of Thieves e me dediquei 110% no projeto para tentar melhorá-lo de qualquer maneira que pudesse. Como eu disse na minha publicação nos fóruns, uma das minhas coisas favoritas sobre o trabalho é ler os posts da comunidade e ver o que eles querem melhorar sobre o jogo. É maravilhoso ver esta iniciativa e paixão neste projeto em que trabalhamos.

SoT Brasil: Quando você veio ao Brasil para a BGS, o que você achou do o evento e as reações dos jogadores?

Jason: O evento foi incrível e as pessoas foram incríveis e tão cheias de energia! Nunca mais dançei na minha vida até estar no Brasil e não me arrependo. Meus colegas podem se arrepender de eu estar dançando. O evento foi cheio de pessoas e milhares de pessoas estavam interessadas em Sea of ​​Thieves. Eu encontrei-me conversando com os fãs sem parar todos os dias e realmente renovou minha unidade para ajudar a fazer Sea of ​​Thieves, o melhor que pode ser. Muitos dos jogadores, depois de terminar sua sessão de 30 minutos, tiveram ondas de perguntas e comentários que foram ótimos de ouvir, fizemos o nosso melhor para responder as perguntas e apreciamos a audição de todos os comentários.

Obrigado por nos ter 😊 Todos queremos voltar para uma visita novamente!

SoT Brasil: O que você ama sobre o Sea Of Thieves?

Jason: O jogo em equipe, eu amo jogos cooperativos com meus amigos em casa e Sea of ​​Thieves é exatamente o que estávamos procurando. Não há um sentimento melhor do que derrotar uma equipe e roubar de volta o tesouro que eles já haviam tirado de você. É incrível ver as pessoas jogando juntas e rindo, torcendo, gritando ao jogar nosso jogo. A variedade de emoções que os jogadores mostraram ao jogar é interessante, de um olhar atento, enquanto tentam encontrar um local do tesouro, ou o rosto se acende quando se disparam de um canhão.

SoT Brasil: O que deixa você ansioso em Sea of ​​Thieves?

Jason: Liber o jogo aos jogadores! Quero ver os vídeos, as reações, todas as transmissões do jogo e ouvir todos os comentários que todos têm. Alterar o jogo com base no feedback é uma das partes mais exitantes do meu trabalho e só vai ser mais divertido quando todos puderem jogar.

SoT Brasil: Se você tivesse que escolher um nome pirata, qual seria?

Jason: Nosso Diretor criativo aqui, o nomeia quando você se junta a Rare, eu fui dotado com o nome de Cast Away Cross. Eu gosto do nome, eu sou um explorador e sinto que isso coloca minhas intenções bem.

SoT Brasil: Que tipo de passatempo você gosta fora do jogo?

Jason: Eu sou um pouco nerd (obviamente), eu gosto de ser ferreiro no meu tempo livre. Eu tenho minha própria forja e bigorna. Eu não sou muito bom, mas eu posso fazer cabideiros de parede, porta-chaves e alguns punhais. Eu também passo muito tempo fazendo meus próprios videogames. Eu aprendi programação por minha própria conta, juntamente com muitas habilidades de arte para aprender como desenvolver um jogo. Por último, eu sou um mestre de jogos para vários grupos de RPG, isso é muito parecido com o desenvolvimento de jogos à medida que eu procuro projetar, manipular e criticar as historias que eu crio, enquanto eu mergulho em um grupo de jogadores que estão no mundo que eu criei. (viram, grande nerd)

 

 

Logo Curti

Se você gostou deste post não deixe de registrar sua participação através de dicas, sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog e o canal do Youtube, e participem do nosso grupo do Facebook para acompanhar nossas publicações e ficar por dentro das notícias do mundo gamer, concursos e promoções!

Felipe “omegawpnx” Negrão, ou somente Omega, não se descolou de Destiny nos ultimos 3 anos, e continua pela Torre até hoje. Quando pode, ele joga um RPG ou até se arrisca no FIFA.