Microsoft irá monopolizar os games para PC? 1


Em um artigo apresentado pelo jornal “TheGuardian“, o senhor Tim Sweeney, um dos fundadores da Epic Games, acusou seriamente a Microsoft de querer monopolizar o mercado de games para PC. Além disso, descreveu e enfatizou que a indústria do setor deve lutar contra essa “tentativa” de monopólio.

Vamos primeiramente analisar as informações, refletir e discutir respeitosamente as vantagens e desvantagens que a indústria de games irá passar com a nova visão da Microsoft para com o Windows 10. A equipe do blog “Nós Nerds” convida você leitor, a comentar e discutir conosco, sobre este post e também sobre futuros textos e vídeos que iremos publicar envolvendo esse assunto. Participe!

De acordo com publicações de alguns veículos de informações do mundo gamer, Sweeney acredita que a iniciativa chamada de Universal Windows Platform (UWP), “revela” o primeiro passo para a criação de uma plataforma fechada dentro do sistema operacional Windows 10, colocando restrições no ecossistema PC e monopolizando a distribuição e comércio de aplicações. Algo que considera ser o gesto mais agressivo de uma companhia que, depois de confrontar alguns fabricantes, está agora a agir contra “toda” a indústria PC e também contra os consumidores. Em seu artigo, escreveu:

“A Microsoft lançou novas funcionalidades Windows PC na UWP e está a dizer aos programadores que apenas as podem usar se submeterem ao controle do ecossistema fechado que é o UWP. Estão a reduzir a liberdade dos utilizadores para instalar programas completos no PC, e a inferiorizar os direitos dos programadores e editoras que querem manter uma relação direta com os seus clientes.”

O senhor Sweeney afirmou que não se opõe aos planos da Microsoft em criar e gerir um serviço para distribuir aplicações no PC, mas ao colocar restrições que reforçam o seu controle enquanto tiram margem dos criadores e consumidores, não é benéfico para ambas as partes. Ainda relembrou a “enganadora” prática que o Google faz com a plataforma Android, que tecnicamente é aberta mas praticamente fechada:

“O Android torna possível instalar aplicações de terceiros, fora da loja Google Play Store, necessário para o Google respeitar a licença Pública Geral do Kernel Linux. No entanto, a Google torna ridiculamente difícil que o utilizador o possa fazer, desligando a opção por padrão, escondendo-a. Não é um problema meramente técnico: faz com que a Google Play Store domine o mercado sobre as concorrentes.”

Um outro veículo de informação do mundo gamer (que não merece ser revelado por ser comprovadamente tendencioso para uma determinada plataforma) afirmou que o “perigo” estará na degradação do Win.32 enquanto a Microsoft continua a melhorar UWP, fazendo com que os estúdios independentes tenham mais dificuldades em escapar ao monopólio comercial da companhia. O senhor Sweeney utiliza novamente o Windows 10 como um exemplo das práticas denominadas de “anti-consumidor” da Microsoft, que permite desligar funcionalidades padrões que são intrusivas, mas faz com que sejam altamente difícil de o fazer.

Continuando, Sweeney diz que os consumidores, editoras e programadores devem se defender e que uma plataforma aberta “brilha” com conteúdos, enquanto o que a Microsoft pretende é um “embaraço”. Desde 1991 que Sweeney trabalha na plataforma e afirma que esta não é a primeira tentativa furtiva da Microsoft procurando e visando domínio com seu sistema operacional.

Por fim, o senhor mencionado em todo o texto deixou uma palavra de respeito para Phil Spencer, pois diz ouvir atentamente e escutar os problemas das editoras, mas avisou que não devemos ouvir as palavras da Microsoft, e sim atentar em seus atos, pois quanto mais fechada se tornar a plataforma, mais perigo existirá para os consumidores e jogadores do PC.

Amanhã publicarei a segunda parte deste assunto, com a resposta da Microsoft e contendo também a minha opinião a respeito. Convido novamente você leitor, a fazer parte de uma discussão saudável e imparcial, onde devemos direcionar o melhor para os jogadores, independentemente da plataforma!

 

Curtiu esse post?

Escreva seu comentário a respeito, assine o blog e compartilhe com seus amigos!

Reinaldo Vargas “reavargas” (Twitter: @reinaldovargas e Instagram: reavargas.sp) é Resenhista do Nós Nerds! Professor Universitário e GAMER nas horas vagas. Sempre informado quando os assuntos são educação, ciência, tecnologia e games.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Microsoft irá monopolizar os games para PC?