Na falta do que falar 1


Já dizia o Ben Kingsley, que foi interpretado por Mahatma Gandhi na tv portuguesa, segundo boatos da internet: “Se não tem nada de bom para dizer, fique calado!” Porém, todos que trabalham com notícias, clamam diariamente por uma novidade, Alguns chegam a querer ver uma desgraça, só para vender mais uns milhares de Reais em publicações ou conquistar outros milhares de cliques com um boato infundado ou até mesmo extrapolado.

Enquanto todos continuam dando opiniões e levantando dados ocultos em relatórios vazados (aí estamos com vazamentos novamente, para quem precisar, Sr, Francisco bombeiro, 91 988…), eu fico me perguntando, onde querem chegar com tanta badalação, na possibilidade, da nova geração de consoles ser lançada no ano que vem o até mesmo no Natal de 2016?

Já deixei claro que não acredito em vazamento corporativo deste tipo. Creio que usam como uma pesquisa de opinião marota, escutam os gritos de amor e/ou de ódio e daí decidem ir ou não em frente com sua metas corporativas. Independente de maioria, o que faz acontecer alguma mudança aqui é a previsão de lucro.

Quando o Phil Spencer falou em uma geração futura com upgrades nos consoles, li diversos comentários de como essa geração de consoles poderia ser mais curta para a Microsoft, mesmo, que não tivesse dado nenhum sinal claro, de que falava sobre uma mudança concreta para essa geração de consoles.

Poucas semanas depois vi notícias sobre uma possível versão do PS4, da Sony. O PS4.5 ou PS4K (não é referência sobre o preço no Brasil, mas sobre a resolução de 4K da imagem, não resisti a catucada!) seria uma novidade e implemento na geração, que mesmo gerando uma enorme confusão para quem projeta jogos. Imaginem um jogo na mesma plataforma com duas resoluções diferentes. Quais as soluções? Duas versões separadas? Uma versão com ajustes de qualidade? E se a sua tv não for 4k e o console gerar uma imagem 4K? Essas são só para se ter um exemplo.

Hoje, li uma notícia sobre uma placa de rede sem fio, está sendo registrada pela Microsoft, onde parece a versão “802.11a/b/g/n/ac”, um upgrade para reconhecer o novo padrão de transmissão de rede sem fio ac. Vejam o registro aqui. Está notícia ganhou ares de uma nova versão para o Xbox One, “um Xbox totalmente novo”, sério, mudaram o chip de rede sem fio e virou um produto novo? Santa especulação, Homem Morcego!

Fica a frase, que não dá cliques e nem vende publicações, que não descobri seu dono: “Se não tem nada de bom pra dizer, fique em silêncio!”

Eduardo “Sgt Rock 1967” Rocha é o idealizador do Nós Nerds! Técnico em informática e gamer inveterado e veterano.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Na falta do que falar