Top 5 – MMORPGs


Olá senhores! Estou de volta e faz muito tempo que não escrevo para vocês, devido as mudanças da vida (sentido literal e figurado).
Hoje, venho falar da minha experiência com MMORPGs, com os melhores dos quais posso enumerar. Já faz um tempo que não jogo no PC, mas o tanto que joguei após o “boom” do Super Nintendo ter cessado (e o mesmo ter quebrado), antes mesmo de ter o Xbox 360, pude desfrutar de jogos maravilhosos neste grande intervalo de tempo, dos quais não posso deixar de comentar aqui e, para mim são os top 5 dos Jogos de MMORPG.

Cenário Deitado

Tibia – Famoso 2d louco que você não entende como faz sucesso até hoje mas… Joga e acha bom!

A prova de que para algo ser bom não precisa ser bonitinho demais, mas basta ter o básico que funcione direito e nos divirta bastante. Tibia foi inovador, em minha opinião, por apresentar e combinar juntos magias e habilidades que eram lançadas e ativadas ao escrever no chat e apertar o Enter. Isso inclui falar com vendedores e NPCs também. Isso tudo combinado com cenário e personagens “deitados” (perspectiva diferente) e dificuldades extremas no combate em mapas que exigem nível alto.
Neste jogo, não se pode ser descuidado ao chegar a cada mapa diferente, é preciso estar próximo da entrada por aonde veio porque, sem que você espere, pode aparecer um inimigo forte (mesmo que este não pareça) que com apenas um ou dois golpes, o fará morrer e perder tudo. O personagem só tem frame de caminhar, ao causar dano fica próximo do inimigo parado e só aparece o efeito de sangue jorrando. Mesmo “tosco”, muitas pessoas jogam e se viciam, então eu tive que jogar pra ver… Ok, alguns podem me condenar: Gostei (risos).
Dica: Comece com alguém que já conhece o jogo e lhe oriente para onde ir, no início.

 

2,5d

Ragnarok – Famoso “2 e meio D” hiper-japoronga, e… “Fofinho”.

Jogo que marcou muito a transição da minha adolescência para a idade adulta, ao contrário do Tibia que joguei agora após os 30. Foi muito bom criar clã, vencer guerras, conquistar castelos, aventurar-se em mapas e masmorras sinistras com os amigos. Melhor coisa era deixar o mercador enriquecer vendendo item sozinho, ao longo da madrugada. Depois, era só dividir o dinheiro entre os outros chars. Talvez isso ou ter/colecionar monstros de estimação seja a melhor coisa do jogo. Quem não matou várias vezes Amon-Ra na pirâmide do deserto ou pelo menos teve seu poring de estimação? Vale a pena aventurar-se neste mundo de RPG “inverso” (onde o personagem é 2D e o cenário é 3D) e tudo com um toque de anime!

233 COMBO!

Lunia – MMORPG para quem curte RPG e jogos de luta!

Taí! Mais um jogo estilo anime, porém seguindo a “normalidade” (no sentido de maioria) quanto a possuir o cenário 2D e personagem 3D (as vezes mudando para cenário 3D com partes 2D). Mistura pegada de RPG medieval e Beat’em up, com roupas no estilo mais puxado para o moderno… Algo tipo como se o nosso mundo evoluísse a partir da época medieval e nunca em tecnologia, mas apenas em magia e design de roupas (risos).
É um jogo muito divertido por lembrar, ter propriedades que mistura jogos de luta com jogos ARPG, porém adaptado ao MMO! Ao longo dos níveis do mapa, as batalhas se desenrolam com golpes e magias que podem ser lançadas de forma seqüencial, fazendo o jogador delirar com enormes combos! Além de, claro, possuir inventário, equipamentos e slots clássicos dos jogos de MMORPG.

 

Tauren Druida perigoso!

World of Warcraft Online – Jogo clássico e longe de qualquer imperfeição que você imagine!

Seja da Aliança ou da Horda, qualquer uma dessas duas facções levará seu personagem a travar batalhas em missões inesquecíveis, seja ele um cavaleiro, mago, druida, paladino, caçador, ladino, sacerdote, xamã, bruxo, monge, caçador de demônios e cavaleiro da morte. O jogo possui lugares, paisagens, magias, equipamentos, habilidades maravilhosas e infindáveis! Uma pena não ter havido “cacife” para jogar além do nível 20 com meu Druida Tauren!
Esse jogo marca muito devido a possuir raças muito interessantes como orcs, pandas (pandarens), taurens (tipo minotauros), anões, mortos-vivos, elfos da noite, gnomos, trolls, draenei (uma espécie de raça alienígena elfa), elfos sangrentos, lobisomens (worgens), goblins, anões e humanos.

 

Até traje Steampunk tem!!

Fiesta Online – “3Dzão” para curtir e festejar enquanto combate! Ragnarok + Lunia + Festa = Fiesta Online!

Esse jogo tem uma funcionalidade muito interessante além de suas classes. Você pode aprender a produzir pedras mágicas para refinar seus itens (com bônus mágico), poções e pergaminhos. As missões são muito divertidas e as músicas animadas, assim como missões do reino (p/ chamar a “mulambada” toda contra o boss). O mundo possui skins como um anime e os personagens possuem os mesmos olhões. Os trajes iniciais são contemporâneos, depois alternam e misturam entre contemporâneos e medievais.
Tem portais em muitos locais para fácil locomoção. E você encontra até trajes tokusatsus! Perfeito jogo para nerd nenhum pôr defeito! Sua mecânica de mostrar no mapa os inimigos para loot e missão, além de com um clique no mapa fazer seu boneco andar automaticamente para o local que deseja o torna muito bom para evoluir sozinho sem a necessidade de “juntar o galerão”.
Espero que tenham gostado! Fiquem ligados amigos! Acessem também o Facebook: https://www.facebook.com/dwnerd e o Youtube: https://www.youtube.com/c/allandovale Além do que se pede aqui em baixo:

Logo Curti

Se você gostou deste post não deixe de registrar sua participação através de dicas, sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog e o canal do Youtube, e participem do nosso grupo do Facebook para acompanhar nossas publicações e ficar por dentro das notícias do mundo gamer, concursos e promoções!

Allan do Vale Canalini Neuma, ou “Allen Mac Draoi” da Xbox Live é colaborador do Nós Nerds! Dono do site Dw. Nerd do Facebook, Gamedesigner e youtuber gamer nas horas vagas. Quase Biólogo, Druida, gótico, meio artesão, RPGista (que possui módulo próprio) e Produtor do Hidromel artesanal Poção Druida (face). Fora essa sua identidade secreta, desempenha diariamente a função de Analista de Crédito.