Xbox Play Anywhere sem Complicação! 2


Prezados leitores … Este é o primeiro de uma série de posts que denominei de “…sem Complicação!“. E para iniciarmos a série, escolhi o tema “Xbox Play Anywhere“, com comentários do Sgt Rock 1967.

O serviço denominado Xbox Play Anywhere faz parte de uma estratégia da Microsoft para expandir consideravelmente seu mercado de games do Xbox para o PC com Windows 10. Mas calma … A finalidade deste post é deixar tudo o mais claro possível, além de também explicar os principais motivos da gigante de Redmond estar investindo fortemente neste setor estratégico.

Vamos por partes … O que significa o termo Xbox Play Anywhere?

Bem caros leitores, a tradução mais coerente para a língua portuguesa é JOGUE XBOX EM QUALQUER LUGAR mas, segundo a própria Microsoft, no site do Xbox no Brasil (ver ilustração abaixo), fica melhor em termos de publicidade o seguinte significado: “Qualquer lugar é um ótimo lugar para jogar”. Entenderam onde a dona do Windows deseja realmente chegar? Vamos refletir a partir deste ponto …

 

xbox_play_anywhere

 

A seguir começaremos a juntar todas as “peças” …

Após o lançamento oficial deste serviço inovador (que será em 13 de Setembro, junto com o game ReCore), quando você tiver um título digital que pertence ao Xbox Play Anywhere, você poderá jogar no Xbox One e/ou no PC com Windows 10. Isso mesmo! O PC tem que ter obrigatoriamente o Windows 10!

Primeiras “peças” sendo ligadas…

Além de interessante, é também uma ótima vantagem para os jogadores, pois você poderá continuar o progresso do jogo exatamente de onde parou do Xbox One para o PC com Windows 10 ou vice-versa, trazendo tudo salvo, incluindo jogos, seus arquivos agregados e conquistas desbloqueadas na Xbox Live.

Para compreenderem, o Xbox One, assim como os futuros Xbox One S e Project Scorpio (aconselho ouvir o Nós Nerds Cast # 4), farão parte da chamada “Família Xbox” e todos rodarão de fábrica o Windows 10 adaptado para os consoles. Além da família Xbox e do PC, a Microsoft planeja também inserir este serviço em outros dispositivos como tablets, smartphones, óculos de realidade aumentada e óculos de realidade virtual, que também rodarão o Windows 10 adaptado para estas finalidades.

E antes que alguém questione … Mas qual a vantagem para a Microsoft tirar vários jogos exclusivos do Xbox para o PC ou outros dispositivos? O Xbox vai realmente “morrer”? E o seu principal rival no mercado (Playstation 4) vai reinar absoluto e vencer essa geração de consoles?

É a partir deste ponto que a maioria dos gamers podem se equivocar ou simplesmente não perceber, pois não podemos esquecer que o mercado é o que realmente importa para a empresa e, consequentemente, o lucro que poderá ser obtido com este mercado de games em específico.

Sgt Rock 1967 O lucro é o que paga as contas no fim do mês, eles podem amar fazer consoles e jogos, mas sem lucro eles vão parar de fazer. É preciso entender bem essa parte, não interessa aos fabricantes o que pensam os “defensores de marcas”, o importante é o LUCRO!

Será que você já consegue ligar mais “peças”?…

Para a estratégia de médio e longo prazo da Microsoft, o que interessa de fato é possuir uma forte influência no mercado de games, onde os mesmos serão cada vez mais desenvolvidos para rodar em Windows 10. O lucro da empresa no setor já é e, continuará sendo cada vez mais significativo, do que o lucro com as vendas de consoles. É importante ressaltar também que a estratégia da empresa norte americana é muito interessante para produtores de games, pois os mesmos desenvolverão um único jogo inicialmente para duas plataformas. O custo será consequentemente menor e o lucro maior!

Sgt Rock 1967 Nessa conta também entra o retorno da LIVE, já que os jogos da WPA (Windows Play Anywhere) deverão ser digitais.

Mas continuando a esclarecer e  a juntar mais “peças” sem “fugir” das perguntas acima…

O Xbox vai “morrer”? Na minha opinião e também na opinião de quem já conectou a linha de raciocínio desse post ou entende de mercado … a resposta é NÃO! A ideia da Microsoft é exatamente essa! Não é ultrapassar os mais de 40 milhões de Playstations 4 disponibilizados no mercado mundial e sim, continuar sendo a líder em lucrar com games, serviços online e, cada vez mais, dominar estes segmentos do mercado. Vender mais consoles não significa para a empresa ter mais lucro no diversificado mercado de games!

Sgt Rock 1967 Olha a LIVE aí de novo, a Microsoft tem 40 milhões de assinantes, contra 21 milhões da PSN.

E para finalizarmos a parte dos esclarecimentos … Qual a vantagem de ter um Xbox?

Essa resposta é relativa e depende de opções e gostos de cada consumidor. De qualquer forma, vou dar minha opinião… Sou um gamer que prezo pelo que o console pode fazer quando se trata de serviços e funcionalidades dentro do melhor custo x benefício. O Xbox One é um ótimo console com inúmeras possibilidades de games, aplicativos e serviços (como a Xbox Live e o EA Access). Além disso, é retrocompatível com uma enorme quantidade de games do Xbox 360 e, essas características (além de seus acessórios atuais), serão mantidas em todos os consoles da família Xbox a partir do Xbox One. Ter um console ou PC de mesa em casa e poder continuar seu game fora dela utilizando um Notebook (e no futuro até mesmo o tablet e o smartphone) é uma grande vantagem.

Com tudo isso, é bom a Sony “ficar esperta”, pois tem potencial para montar um futuro “Playstation 5” superior ao Project Scorpio, mas não terá chance no universo dos computadores, bem como unificar distintas plataformas e ramificar as possibilidades para os jogadores. A Nintendo, um pouco mais cautelosa e com uma estratégia diferente, já se arrisca a investir em jogos para dispositivos portáteis e deixa claro que sua intenção não é “bater de frente” com as donas do Xbox e Playstation.

Sgt Rock 1967 Pra ratificar a posição da Big N, vejam o sucesso de Pokémon GO!

E uma última “peça” para fechar todo o raciocínio …

Quem vem acompanhando o universo dos games, principalmente desde a E3 2016, provavelmente notou que a Microsoft acabou se envolvendo em uma “polêmica” recentemente; tudo porque, logo depois de afirmar que seu serviço Xbox Play Anywhere seria aplicado em todos os futuros títulos da Microsoft Studios, diversos sites e blogs afirmam que a companhia teria supostamente “voltado atrás” nesta decisão. Agora, porém, a empresa se pronunciou oficialmente e se desculpou pela denominada confusão que não deveria ter ocorrido.

A declaração veio especificamente através do site PCGamesN, em resposta ao questionamento feito por eles sobre os motivos que levaram a Microsoft a alterar as regras do serviço.

A verdade é que, no fim das contas, tudo não passou de um mal-entendido desnecessário, pois segundo a Microsoft, a suposta origem (um post referente ao Windows 10) gerou toda a confusão, pois faltou especificar que a lista de títulos atuais do Xbox Play Anywhere contém apenas os games apresentados pela companhia durante a E3 2016. E nada está garantido quanto a games futuros!

Sgt Rock 1967 E se alguém te disser que vai comprar um PC Gamer e não vai mais precisar comprar um Xbox, duas rápidas explicações: Um PC Gamer custa no mínimo do dobro/triplo de um Xbox One e de qualquer forma vai continuar a dar o seu suado dinheirinho para a Microsoft.

E para saberem se o game pertence ao serviço, basta procurar em sua divulgação a logomarca:

 

 

Ligaram todas a peças? Entenderam o que é o Xbox Play Anywhere? E acima de tudo isso … a visão e estratégia inovadora da Microsoft para estar na vanguarda do mercado gamer mundial?

Agora escrevam suas opiniões, críticas e/ou dúvidas para podermos trocar novas “peças”!

Reinaldo Vargas “reavargas” (Twitter: @reinaldovargas e Instagram: reavargas.sp) é Resenhista do Nós Nerds! Professor Universitário e GAMER nas horas vagas. Sempre informado quando os assuntos são educação, ciência, tecnologia e games.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “Xbox Play Anywhere sem Complicação!

  • miguel

    O certo que a microsoft esta ciente do que esta fazendo e todos sabem que a empresa do Tio Gates não é boba, esta buscando uma fatia maior do bolo e lógico com os pés no chão. Isso que ela esta fazendo e amarrar tudo a marca Microsoft, e tanto ela quanto os consumidores sairão felizes no final das contas. Valeu galera, bom fim de semana. Abraços.