26 de maio de 2024
Escute este Post
EscritosGames e Tech

Aragami, o Ninja das Sombras

Quando ganhamos a cópia do Aragami: Shadow Edition, achei que ia me divertir com um jogo de hacking and slashing de ninja, grande erro, enorme, monstruoso erro! Aragami é um jogo de stealth, com um detalhe assustador, o temível instakill! Com tudo isso, era de se imaginar que um jogador de estilo Rambo não fosse gostar de Aragami. Mas foi justamente o contrário. Eu fui pego pelo gameplay e pela história de Aragami.

Eu não joguei a expansão Nightfall e nem em co-op, mas completei a história e já é o suficiente para saber que Aragami é um dos grandes jogos que joguei/jogarei este ano.

História

Você é Aragami, um espírito invocado por Yamiko, uma jovem que pede sua ajuda em uma vingança contra um exército que conquistou com violência as terras onde você morava. O problema é que depois que morreu ou quando foi invocado, você perdeu sua memória. E alguns relances vão voltando a sua mente durante o jogo.

A história se desenvolve em 12 partes, onde basicamente você vai adentrando em território inimigo e eliminado todo seu exército, até que nas fases finais, você derruba o último capitão do inimigo e na fase final, sua última general. Claro que tem uma grande reviravolta na história, mas não vou contar quando e qual é.

Gameplay

O jogo começa e você não sabe quem é e nem o que fazer, Yamiko se encarrega de lhe dizer o que fazer e como. Ela lhe conta que você tem o poder das sombras e com esse poder você pode se ocultar totalmente em lugares escuros e logo outras habilidades são adquiridas. Você aprende a se deslocar de uma sombra para outra, a atacar inimigo de cima (a mais de 10 metros dá conquista), criar um monstro de sombras e obter ajuda de um corvo que identifica a localizações de colecionáveis.

Você pode conquistar três medalhas por mapa, porém nunca as três de uma vez só, já que uma delas você consegue sem matar ninguém e outra eliminando todos os inimigos, a terceira você conquista caso não seja detectado pelos inimigos.

Além das habilidades, você pode adquirir seis técnicas de combate, três de defesa e três de ataque, que podem ser usadas em conjunto para distrair ou eliminar seu inimigos. As que mais usei, foram a que cria uma espécie de buraco negro, a que cria uma kunai (arma de arremesso Ninja) de sombra e a que cria uma isca de sombra que atrai a atenção dos inimigos, todas as técnicas tem dois níveis para serem desbloqueados com somatório dos pergaminhos encontrados em cada fase.

Conclusão

A ambientação do jogo é muito bem feita, a trilha sonora dá o tom de cada momento do jogo, embora uma fase seja mais de habilidade e velocidade, quase uma plataforma em 3D, o clima de stealth se mantém durante toda a história. Se você não é chegado a esperar o momento ideal para atacar, não curte analisar o movimento dos inimigos e escolher o local melhor para um ataque, este jogo não é para você. Mas se você sempre quis ser um ninja e atacar e eliminar seus inimigos silenciosamente vindo das sombras, encarne Aragami e seja muito feliz, como eu fui.

 

Adquira já

        

 

Se você gostou deste post não deixe de registrar sua participação através de dicas, sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog e o canal do Youtube, e participem do nosso grupo do Facebook para acompanhar nossas publicações e ficar por dentro das notícias do mundo gamer, concursos e promoções!

Sgt Rock 1967

Eduardo "Sgt Rock 1967" Rocha é o idealizador do Nós Nerds! Técnico em informática e gamer inveterado e veterano.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.