26 de maio de 2024
Escute este Post
Notícias

FC 24 e CONMEBOL Lançam Kit Chega de Racismo!

No contexto do Dia Internacional contra o Racismo, a CONMEBOL persiste em promover iniciativas que visam conscientizar a comunidade sobre a importância de respeitar a diversidade, contando com o apoio da EA Sports

A Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) reafirma seu compromisso na luta contra o racismo em todos os eventos esportivos. Em colaboração com a EA Sports, a CONMEBOL lançou novos uniformes para os jogadores que participam do modo EA Sports FC 24 Ultimate Team, com o objetivo de ampliar o impacto na comunidade. Esta iniciativa está integrada à campanha “Chega de Racismo”.FC 24. Imagem ilustrativa

Não há espaço para o racismo no esporte que tanto amamos. Apesar das nossas diferenças, estamos unidos pela paixão compartilhada em cada jogo. A violência resultante desses comportamentos discriminatórios não contribui para a sociedade, dentro ou fora do campo. A CONMEBOL está firmemente comprometida em promover ações contra o racismo e não toleraremos discriminação”, afirmou Alejandro Dominguez, presidente da CONMEBOL.

Na EA Sports, condenamos veementemente o racismo em todas as suas formas”, declarou David Jackson, vice-presidente de marca da EA Sports FC. “Estamos em parceria com organizações como a CONMEBOL para promover o respeito à diversidade e à inclusão. Comprometemo-nos a utilizar nossa plataforma para disseminar essa mensagem crucial em escala global.”

Graças à colaboração com a EA Sports FC 24, os jogadores do Ultimate Team terão a chance de adquirir o novo kit, que estará disponível de 21 de março a 12 de abril de 2024. A composição e as cores distintas do uniforme destacam a diversidade de raças e etnias presentes na sociedade contemporânea.

É importante ressaltar que, em 9 de maio de 2022, o Conselho da CONMEBOL modificou o artigo 17 do Código Disciplinar, aumentando as penalidades por atos discriminatórios envolvendo todos os principais agentes do esporte (clubes, atletas, árbitros e torcedores). Além de outras sanções, qualquer Associação Membro ou clube cujos torcedores insultem ou ameacem a dignidade das pessoas poderá ser multado em, no mínimo, US$ 100.000, além de enfrentar suspensão total ou parcial do estádio por uma ou mais partidas.

Com essas medidas, a CONMEBOL continua seu trabalho de educação sobre a importância do respeito à diversidade e insta todos os envolvidos no esporte a se unirem à campanha e dizerem “Basta de Racismo!”

Informe Publicitário

Gostou? Deixe um comentário e compartilhe com amigos. Clique no Sininho vermelho e receba as novidades. Siga nosso canal do Youtube, e participem do nosso grupo do Facebook!

Sgt Rock 1967

Eduardo "Sgt Rock 1967" Rocha é o idealizador do Nós Nerds! Técnico em informática e gamer inveterado e veterano.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.