20 de maio de 2024
Escute este Post
EscritosPapo de Bar

Papo de Bar: Assassin’s Creed II

Assassins Creed é uma franquia que tem um peso diferenciado para mim. Aprendi muita coisa jogando videogame e a franquia da Ubisoft tem uma parte nisso tudo. O primeiro jogo surpreendeu graficamente, ainda lá no começo da geração anterior e surpreendeu também pela sua colocação histórica, dados os locais e pessoas. Um jogo que veio despretensioso e virou uma franquia multi-milionária.

Eu joguei muito pouco do primeiro, falando a verdade. Aproveitei dele quando saiu na retrocompatibilidade do Xbox One mas não me segurou por conta da repetitividade. No entanto jogando este, você percebe que dali sairia uma franquia positivamente de sucesso. Todo aquele charme histórico somado a um personagem épico e suas teorias criativas tinham um excelente pano de fundo para poder explorar mais e mais acontecimentos históricos. O segundo jogo, esse sim, me prendeu muito. Joguei por inúmeras horas e este fez oque nenhum outro jogo havia feito comigo antes: partir para uma busca incessante por pesquisas históricas.

Em Assassins Creed II, na pele de Ezio Auditore, você encontrava várias cartas e manuscritos de Nostradamus, o profeta francês. Como naquela época a internet era algo muito escasso e viável apenas para os mais abastados, tive de recorrer a Lan Houses para efetuar a tradução.

E aqui entra o aprendizado: Eu pouco sabia de inglês. Meu inglês era de escola estadual. Precário, falho, ineficiente. Tudo o que pude fazer com as cartas era copiar da tela e então levar na Lan House, digitar em um programa tradutor para então imprimir a tradução e entender o que estava ocorrendo. Resolvia um quebra-cabeças e então tinha outras cartas mais. E outras. E outras. Entre copiar escrevendo e depois digitar para entender, eu aprendi muito inglês nesse processo. E isso que só abordei o lance do inglês, entendimento, Nostradamus e tal… isso é subjetivo, pois queria mesmo entender o jogo. Não vou nem mesmo abordar o amigo de Ezio Auditore, que durante uma missão, o ajudou com um protótipo de asas de morcego que, pasmem: poderia ajudar um homem a voar!

Se você ficou curioso pra saber, quem era esse amigo ou qual mesmo era o aparato, você precisa jogar Assassins Creed II. Esse amigo nada mais é que um dos maiores inventores da todos os tempos. Uma pessoa perspicaz e cômica, que por vezes deixa Ezio incrédulo perante as idéias malucas. Malucas para aquela época, lógico.

Para muitos jogadores, Assassins Creed II é o melhor jogo de toda a franquia. Alguns dizem que o ultimo jogo, Assassins Creed Origins, é muito bom também… como eu (ainda) não joguei, fica difícil fazer essa comparação. Só sei que Ezio Auditore é tido por muitos como o mais incrível e impiedoso assassino do credo, não sendo superado por nenhum outro, de nenhum outro Assassins Creed.

Comparado com o primeiro, Assassins Creed II é melhor em todos os aspectos. Inclusive no que se tange á complexidade histórica. É um jogo muito grande, com inúmeras horas de quests primárias e quests secundárias, que irão te tomar o foco por inúmero tempo, com toda aquela base histórica, um pouco de devaneio ilusório também mas que agrada de uma tal forma, que faz dele o melhor dos melhores. O jogo está, assim como o primeiro, disponível na retrocompatibilidade do console da Microsoft e pode ser apreciado mesmo por aqueles que “perderam o bonde” na geração passada e ainda, no ano passado foi lançada uma versão totalmente remasterizada de nome “Assassins Creed Ezio Collection”, que conta toda a história de Ezio Auditore de la Firenze. Você não tem desculpas para não se aventurar com Ezio e ver, por si só, toda a complexidade, o embasamento e delícias históricas que lhe esperam em Assassins Creed II, um jogo que pra mim é obrigatório para todos aqueles que buscam “algo a mais” em “joguinhos de videogame”.

 

Adquira já

        

Logo Curti

Se você gostou deste post não deixe de registrar sua participação através de dicas, sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog e o canal do Youtube, e participem do nosso grupo do Facebook para acompanhar nossas publicações e ficar por dentro das notícias do mundo gamer, concursos e promoções!

Marcelo Brambilla

Marcelo "Vingador Brambz" Brambilla é Gamer de Corridas, amante de carros e velocidade não perde a oportunidade de fazer um racha com a galera. Autor do Nós Nerds e colaborador ativo no Xbox Mil Grau.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.