24 de maio de 2024
Escute este Post
EscritosPapo de Bar

Papo de Bar: GTA 5

Quantos de nós já se sentiram surpresos perante o fenômeno GTA5? Quantos vocês já ouviram questionando um jogo de 2013 estar ainda no topo de vendas, um jogo ‘velho’. Porque hoje é assim, um jogo lança, dali dois meses (ou menos) já é considerado velho. Principalmente se for um jogo com foco no single player. GTA5 abraça os dois mundos, single e multiplayer, trazendo uma experiência diferente pra cada tipo de jogador.

Mesmo 05 anos após, o jogo se mantém vivo frente a sua comunidade. Seja no Youtube, no Twitch ou no Mixer, sempre tem alguém online disposto a ‘trocar tiro’ ou ‘ajudar vender sua droga’. Não há limites para GTA5. Outro dia eu falei em voz alta que precisava vender uma carga de droga, pra poder fazer dinheiro e comprar mais suprimentos. Isso em casa, na sala. Não preciso te dizer a estranheza de minha mãe me questionando sobre atos ilícitos e oque seria capaz de fazer com a minha vida.

A verdade é que os irmãos Houser deram uma tacada certeira. Realmente mudou a vida dos jogadores. Bolar planos para roubar bancos, comprar suprimentos, fabricar documentos falsos, vender drogas, ser presidente de motoclubes ou “apenas” um agente especial que tenta evitar o fim do mundo. De boa, todo mundo sonhou fazer isso na vida! Ou uma delas ou todas, não estou aqui pra julgar.

A verdade é que GTA5 é um jogo muito divertido, tanto de jogar com os amigos, quanto de assistir alguém jogando. O tiroteio desenfreado eu sinceramente passo, mas, alguns streamers realizam “heists” (planificação para os famosos roubos a banco) e missões de compra de suprimentos e venda de drogas. É legal assistir, porque não há uma linearidade de “como fazer”, justamente por isso é divertido. Por mais que eu saiba oque precisa ser feito, cada um tem uma idéia diferente e que traz esse lance de novidade á partida. E ainda tem os easter eggs… ah, os easter eggs! Como poderia haver um GTA5 tão completo, tão fantástico, se não houvessem os mistérios que todo GTA carrega?

Mistérios existem aos montes. Em Forte Zancudo, nas parabólicas, nas montanhas perto dos Laboratórios Humane… todos que passaram um bom tempo jogando GTA5, mesmo no single player, tem uma história interessante pra contar. De algo que ele viu, de algo que ele soube e foi buscar, de algo que ele não achou explicação ainda e por aí vai.

Eu tento entender como os jogos “se mantém” com o passar do tempo. O mistério acerca de sua obra ajuda, lógico, mas é preciso dar os parabéns para a RockStar e seu suporte ao longo desses 05 anos. O jogo vende bem, isso é fato consumado. O jogo já foi pago tranquilamente. Acredito que isso já aconteceu na semana do lançamento. Mas, fugindo de números e valores, (até porque aqui ninguém é acionista da Take Two), temos de olhar também para o suporte dado a GTA5. São 05 anos de lançamento, sim, também são 05 anos de conteúdos gratuitos. Muitos carros, armas, casas, apartamentos, garagens, missões, modos de jogo… quem chega hoje no jogo, vindo lá direto do lançamento, acha que se trata de um “GTA5 parte 2”, tamanha a relação de conteúdo novo nesse período. A comunidade só agradece, mantendo jogo em alta, seja em transmissões ou em vendas.

O jogo teve muitos problemas ao longo desses 05 anos e aqui já entra outro ponto para a Rockstar: o suporte e manutenção de bugs e glitches. Ainda na época de lançamento o Online não estava disponível e isso gerou certas dúvidas. Quando lançou foi um terror. Nada funcionava… mas a Rockstar estava lá, dando apoio decente. Quem já jogou Midnight Club Los Angeles ou Red Dead Redemption em lobby publico sabe que o trabalho feito em GTA5 foi além do esperado pelos jogadores.

Compre o seu aqui

Eu assumo que, em termos de trama, eu acho o GTA4 melhor. Sei lá, acho o personagem Niko Bellic mais especial, mais carregado, mais “GTA” deles… se é que posso adjetivar assim. Porém, como jogo, GTA5 supera tudo oque havíamos visto até então. Ficar parado no alto de uma montanha qualquer e observar o dia passar… amanhecer e anoitecer, é lindo. Poucos jogos eu fiquei apreciando a paisagem assim, tão tranquilamente. Recente agora foi com Forza Horizon 3 e Sea Of Thieves, dois jogos com paisagens belíssimas, para se apreciar mesmo. Entre outros tantos detalhes que brilham ainda mais o título.

Com tudo oque foi dito aqui, somado ao fato de Red Dead Redemption ser um jogo excelente, qual a chance de Red Dead Redemption 2 ser um jogo fraco, esquecido e não suportado pela Rockstar? Na minha opinião, é GOTY 2018. GTA5 tem pra quem passar o bastão e o fará com louvor, de nunca ter deixado a ‘peteca cair’.

 

Adquira já

      

Logo Curti

Se você gostou deste post não deixe de registrar sua participação através de dicas, sugestões, críticas e/ou dúvidas. Aproveitem para assinar o Blog e o canal do Youtube, e participem do nosso grupo do Facebook para acompanhar nossas publicações e ficar por dentro das notícias do mundo gamer, concursos e promoções!

Marcelo Brambilla

Marcelo "Vingador Brambz" Brambilla é Gamer de Corridas, amante de carros e velocidade não perde a oportunidade de fazer um racha com a galera. Autor do Nós Nerds e colaborador ativo no Xbox Mil Grau.

3 thoughts on “Papo de Bar: GTA 5

  • Osman Alves

    Belo texto.
    Na próxima escreve mais. Achei curto.

    Resposta
  • Füria Pepertuun

    Muito boa matéria, parabéns, acho q o GTA 5, merecia um por papo de bar na live, você não acha? Aí seria legal, abraço.

    Resposta
    • Sgt Rock 1967

      Hummm, um caso a se pensar! Com convidados…

      Resposta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.