20 de junho de 2024
Escute este Post
Notícias

Samsung Solve For Tomorrow Projeto de `Porto Velho

Com propriedades antioxidantes, fotoprotetoras e repelentes, o projeto conquistou um lugar entre os finalistas da 10ª edição do programa de cidadania corporativa da Samsung

Quatro alunas do Instituto Federal de Rondônia, localizado em Porto Velho, foram selecionadas entre os 10 finalistas do programa Solve For Tomorrow Brasil com um protótipo multifuncional de baixo custo. Este protótipo possui propriedades antioxidantes, fotoprotetoras e repelentes. Em sua 10ª edição no Brasil, o programa global de cidadania corporativa da Samsung destaca-se por incentivar estudantes e educadores da rede pública a desenvolverem soluções inovadoras no âmbito STEM (sigla em inglês para Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática). Neste momento, as alunas estão em fase de mentoria, com a próxima etapa do programa prevista para 16 de novembro, quando se iniciarão as votações para o Júri Popular.Samsung. Imagem ilustrativa

A concepção do projeto originou-se de uma pesquisa interna liderada pelas alunas, revelando a baixa utilização de produtos de fotoproteção devido aos altos preços no mercado. Além disso, identificaram dois problemas significativos na região de Porto Velho: a exposição intensa ao sol, causadora de envelhecimento precoce da pele, e a presença de insetos vetores, responsáveis pela transmissão de doenças como Chikungunya, febre amarela, leishmaniose, malária e o vírus Zika, uma questão de saúde pública na área.

Esse protótipo multifuncional foi pensado para chegar à população que mais precisa. Ele visa a obtenção de um produto de baixo custo, utilizando plantas de fácil acesso e cultivo de nossa Biodiversidade Amazônica, com substâncias que são menos agressivas ao meio ambiente. Verificou-se a necessidade de vincular ao produto a repelência contra insetos e essa é a inovação da nossa proposta, pois não encontramos nada parecido no mercado. Também descobrimos que se tratava de um desafio, por isso buscamos introduzir ao projeto a nanotecnologia. De uma forma interdisciplinar, a equipe percebeu que poderia utilizar nanociência para tentar solucionar o desafio”, afirma Minelly Azevedo da Silva, professora na disciplina de Fundamentos da Química Experimental e orientadora do grupo.

O Solve For Tomorrow é uma iniciativa criada para dar visibilidade a projetos inovadores que são desenvolvidos dentro de instituições públicas de ensino. O programa também visa proporcionar um desenvolvimento pessoal e acadêmico aos alunos envolvidos, bem como apresentar à sociedade novas soluções para demandas e problemáticas das mais diversas esferas”, afirma Anna Karina Pinto, diretora de Marketing Corporativo da Samsung Brasil. “Estamos muito satisfeitos em observar o protagonismo dos alunos de Porto Velho em mais uma edição do programa e ansiosos para ver como sua ideia fará a diferença na vida da comunidade local”.

Esse projeto de Porto Velho é um exemplo de como, ao trabalhar com projetos na escola, docentes e estudantes podem inovar tanto na criação de uma solução para um desafio real quanto nas formas de ensinar e aprender”, avalia Beatriz Cortese, Diretora Executiva do Cenpec, organização responsável pela coordenação geral do Solve for Tomorrow Brasil. “Ficamos muito felizes em conhecer, todos os anos, propostas criativas como essa, que surgem e se desenvolvem em escolas públicas de todo o país”.

No momento, a equipe está focada no desenvolvimento da função repelente do protótipo e participando das sessões de mentoria fornecidas pelo programa. Conforme mencionado por Minelly, essa fase é extremamente proveitosa para os alunos, pois é nela que recebem informações e dicas fundamentais para o progresso do projeto.

A mentoria é o espaço em que eles recebem novos olhares sobre o protótipo. Além disso, existe um acompanhamento muito próximo por parte do mentor. Ele olha com cuidado o diário de bordo produzido pelos estudantes e consegue dar dicas que, muitas vezes, nós orientadores, não conseguimos passar”. Para a educadora, a mentoria é importante também por manter os alunos imersos, engajados e interessados na solução que estão criando.

Gosto muito dessas ações da Samsung porque proporcionam aos estudantes a oportunidade de apresentar as propostas que são desenvolvidas nas instituições públicas. Temos muitas escolas da rede pública que oferecem ensino de qualidade e esse tipo de programa é um incentivo para criarmos soluções por meio da abordagem STEM. Além disso, é uma iniciativa que aumenta a conscientização sobre questões sociais da comunidade em que vivemos, ao mesmo tempo em que promove o trabalho em equipe e ajuda os alunos a aprimorarem habilidades de comunicação e trabalho coletivo”, afirma a professora. “Estamos muito contentes de estar na final porque mostra a importância do que estamos fazendo e reforça nosso compromisso de proporcionar uma educação e um ambiente acadêmico de qualidade aos alunos”.

Informe Publicitário

Gostou? Deixe um comentário e compartilhe com amigos. Clique no Sininho vermelho e receba as novidades. Siga nosso canal do Youtube, e participem do nosso grupo do Facebook!

Sgt Rock 1967

Eduardo "Sgt Rock 1967" Rocha é o idealizador do Nós Nerds! Técnico em informática e gamer inveterado e veterano.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.